Publicado por: Daniela | 24 abril, 2009

Profissão X Trabalho na Igreja

Escrito por: Elida Patrícia Souza que é formada em educação Física e participa da Congregação Cristo Salvador do Guamá em Belém/PA.

 

 

Senhor, queremos te servir com tudo que o somos e tudo o que temos.

 

 

“… Os meus dons eu vou usar, no trabalho do Senhor, este dons Ele me deu, para amar, servir e louvar…” Quão belo é o refrão da música “Tudo o que eu tenho Senhor”, com certeza ela nos fala muito sobre o trabalho que estamos desenvolvemos para Reino de Deus, e é isto que muitos jovens e adultos estão fazendo para contribuir na obra maravilhosa do Senhor. O texto do InterpretaJELB desta semana, vem nos falar um pouco sobre isso, como base na minha profissão, como posso auxiliar a igreja? Minha profissão tem significado, perante a tantas outras qualificações existentes na congregação?

 

A resposta é SIM!!! Você pode acreditar, esta é uma das melhores formas de transmitir o amor Deus existente em você. Se és um profissional comprometido com seu emprego e busca alcançar metas e objetivos para a excelência e sustentabilidade da sua empresa, seja assim na igreja também, nossas congregações dependem do nosso empenho e de nossas atuações, com único objetivo: anunciar o amor de Deus, seja da forma que for, nas atividades recreativas dirigidas na escola dominical, organização de ações sociais voltados para a comunidade em torno da igreja, no trabalho de evangelismo, sugerindo uma mensagem de reflexão e temas a serem estudados na reuniões da juventude.

 

Sou Profissional de Educação Física, e sempre me perguntava em que poderia auxiliar na igreja, no início pensava que poderia atuar: com crianças na escola dominical, depois pensei que poderia estar na organização de eventos, tais como: datas comemorativas, encontros, torneios, gincana recreativa e esportiva, e outros momentos de recreação e lazer na congregação. E só! Mas hoje vejo que há um leque de possibilidades, e sabe qual mais gosto de fazer? Gosto de proporcionar o bem estar, através de atividades que promovam um relacionamento saudável entre as pessoas, e isso só é possível se estivermos em comunhão com o Pai, se estivermos focados em um único objetivo. E é exatamente o que a vida profissional nos ensina, ou melhor, o que a vida em Cristo ensina e que pode fazer a diferença em nosso local de trabalho.

Sou muito feliz com o que faço, mas sei que posso fazer muito mais, como: participação efetiva em projetos (fome29, ArtJELB), oficinas de atividades recreativas para se aplicar em reuniões, retiros, congressos, buscar com outros profissionais da área cursos para aperfeiçoar o grupo de teatro, dança litúrgica e artesanato já existente na congregação. Enfim, posso aplicar os conhecimentos não somente na prevenção de doenças e cuidados com o corpo, que é o que a área de Educação Física proporciona, mas posso contribuir em todo processo que faz a igreja hoje.

 

Compartilho com vocês que falar da minha profissão é falar de amor! Amo a minha área, tenho aprendido muito, uma troca contínua de experiência, onde lidar com pessoas é a maior oportunidade que temos de transmitir o amor de Deus através do que realmente somos. Acredito que Deus permitiu que fizesse esse trabalho para o IntepretaJELB para falar a todos vocês um pouco do que sinto por este projeto glorioso que é o RefleteJELB, que tem contribuindo muito para mim. Toda reflexão e sugestões são absorvidas da melhor forma, com o objetivo de testemunhar e disseminar as boas práticas do Senhor em nossas congregações. Com tudo, que possamos aproveitar este espaço para aprender, aperfeiçoar, divulgar, refletir o que podemos fazer de melhor no serviço de Deus em nossa Igreja.

 

Jovem com base na sua profissão, o que tens feito para auxiliar na igreja? Posso contribuir com outras ações além das quais a minha profissão oferece? No ambiente profissional, o que tenho feito para anunciar o amor de Deus, sabe-se que a palavra de Deus jamais volta vazia (Is 55. 11)

 

O Senhor Jesus Cristo espera muito mais de nós, seja qual a sua profissão ou mesmo sendo estudante, você pode trabalhar pela a igreja com o que faz de melhor… Sirva ao Senhor com tudo que és, com tudo que tens!


Responses

  1. Nossa que texto legal …. além de nos trazer reflexões pertinentes sobre o envolvimento de nossa vida profissional e o trabalho da Igreja, ainda mostra o bom momento que estamos passando na nossa congregação.

    Muitos jovens da nossa congregação ainda não têm uma profissão, mas os que já tem podem , a partir da leitura, começar a refletir sobre as inumeras possibilidades de ajudar no trabalho da Igreja (eu mesmo comecei a me questionar, o que eu venho fazendo nesse sentido??? E percebo qu muitas vezes somos negligentes nessa questão…mas essa é a hora de mudar), e os que ainda não tem uma profissão podem também ajudar no trabalho, DEUS nos deu dons maravilhos e eles não podem ser desperdiçados! Temos que aproveitar as oportunidades que nos são dadas!

    Fico muito feliz de ver nossa congregação participando de tais discussões … obrigada pelo pontapé inicial Patrícia … Parabéns!

    Fiquem com DEUS!

    Hortência Araújo (JELCS/ CELCS – Belém/PA)

  2. Realmente a Élida é uma bênção para a congregação onde está e para o trabalho da igreja de levar a palavra de Deus (já disse isso a ela).
    Assim como ela descobriu como usar seus dons na igreja, espero que este texto-depoimento atinja os corações não só de jovens, mas de todos que podem e devem auxiliar nos trabalhos da igreja com seus dons.
    Até mais.

  3. Cara Hortência e Dani, obrigada pelas palavras!

    Fico feliz em saber que transmitir a mensagem e a mesma teve um bom entendimento por todos. Como a Hortência comentou, “..temos que aproveitar as oportunidades que nos são dadas..”, por isso, não podia desperdiçar este momento de falar do amor que sinto em realizar estes trabalhos! Agradeço a Deus que me tem dado disposição e sabedoria para atuar com alegria em nossa congregação. Aos amigos da CELCS/JELCS obrigada por me receber tão bem… Estou feliz por estar de volta a Belém e participar desse momento maravilhoso em nossa igreja. Aos amigos da CELCR/JELCR de Palmas agradeço por toda oportunidade que me foi dada, aprendir muito com todos…. só tenho que agradecer pela confiança, SEMPRE!!!

    Dani, obrigada por tudo, tens sido uma irmãzonaaa!!!!
    Bjos

  4. Oi Prima Pat,
    Sabes que estamos com saudades de ti, mas me emociono muito ao ver pessoas que amam o Senhor Jesus e que o servem com seus dons e talentos, independente do local onde estejam. Vc nos judou tanto aqui em Palmas-TO, e agora já vemos os frutos do teu trabalho tb em Bélem, nossa terra de origem.
    Bênção de Deus pra vc, tia Fátima, ti Arnaldo e Ellen. bjs!

  5. Prima Agnes, uma alegria ouvir suas palavras. Tenho que agradecer por tudo, você sempre foi um bom exemplo de AÇÃO e amor a serviço do Senhor… te admiro muito!! Pode deixar q mando lembranças prá todos!! beijoss

  6. Oi Élida,

    Muito bom o seu texto.
    No próximo final de semana estarei participando de um encontro distrital de jovens e conduzirei uma pequena conversa sobre dons.
    Estarei levando o seu texto para tecer alguns comentários sobre como o trabalho pode estar relacionado com os dons.
    Parabéns pelas ligações e análises.

    Abraços em Cristo,

    Josué Alexandre Sander

  7. Parabéns Paty!

    A um tempo atrás estava pensando em escrever um texto sobre a relação do jovem com o vestibular, de como a pressão que existe afasta-os do convívio com os irmãos e mesmo das atividades e talvez até da fé..
    Que transmissão de pensamentos! hehe.. Era exatamente o que eu queria dizer, o que vc disse! Que podemos servir à Deus também com nosso trabalho, ou estudos.. além de usarmos nossas habilidades desenvolvidas no trabalho para o crescimento da Igreja, podemos também refletir a luz de Deus em meio aos nossos colegas.. Mais uma vez, parabéns pelo texto!

    E um beijão! Vê se responde meu email! hehehe..

  8. Olá Josué e Miguel… Obrigada!!!

    Fico feliz com os comentários positivos, é muito saber que a nossa própria experiência pode ser transmitida como uma boa prática para Jovens e adultos.

    Josué, depois me conta como foi a análise e comentários dos jovens em relação ao texto. Agradeço muito pelo incentivo.

    Miguel, creio que podemos complementar esse texto fazendo um link maior com os estudos, tensão do vestibular e a vida na faculdade… penso que ouvindo mais as pessoas que passam por este momento (um texto com depoimentos), poderemos falar de uma realidade mais próxima. Quem sabe você mesmo que está na faculdade pode fundamentar mais esta idéia com outras pessoas…. Sei como é conciliar o serviço na igreja com o período do vestibular… e na faculdade, tantos trabalhos e etc.
    Enfim, vamos alimentar esse assunto….
    Ah pode deixar que vou responder seu email..rs

    Abraços a todos!!!

  9. Paty!
    Fiquei mto feliz com o seu texto!
    Temos que pensar que a nossa vida deve ser adoração constante a Deus! E isso inclui o nosso trabalho, além de todas as atividades que realizamos todos os dias..desde lavar louça, arrumar a cama..até passar 8h no nosso local de trabalho, ou na faculdade, ou na escola!
    Devemos fazer tudo pensando em honrá-lo e render-Lhe adoração!
    E a tua experiência na igreja, desenvolvendo atividades relacionadas a sua profissão, pode inspirar mtas pessoas a também dedicarem sua vida profissional à Deus!
    Parabéns!
    E muuuuitas saudades!!!

  10. Parabéns Patricia,
    realmente esse texto como a própria Horta já disse nós faz refeletir muito sobre o nosso trabalho na Igreja!
    Até o inicio do ano passado a minha preoucupação era quase que toda para o vestibular, eu não tinha muito tempo pra igraja ou melhor eu não doava muito tempo pra igreja por que atualmente tenho menos tempo ainda mas sempre dou um jeito de estar ativa na igreja!
    no momento ainda não sou formada e ainda não sei como a minha profissão, enfermagem, vai ajudar na igreja! só sei que estou adorando estar auxiliando o Grupo de dança Litúrgica, a secretária da Juventude e ainda o Grupo de Teatro é muito bom ver que, finalmente, parece que a nossa congregação tirou a vend dos olhos e arregaçou as mangas e eu me sinto honrada e orgulhosa em estar fazendo parte dessa revira volta e tenho certeza, ainda, que você veio para a nossa congregação no momento certo, pois suas ideas são otimas e você parece que também estar com muita vontade de ajudar e suar um pouco com agente!
    Valeu Patrícia pelo incentico era isso que a nossa Congregação precisava! quem sabe agora o nosso trabalho também vá pra frente! Afinal de contas tudo o que fazemos é para transmitir o evangelho e demonstrar o quanto Deus nós ama e o quanto devemos ser gratos a Ele!
    Bjs
    Bia (JELCS- GUAMÁ/ BELÉM/ PARÁ/ BRASIL)

  11. BOA TARDE ÉLIDA,

    Estava procurando por algo que falasse de trabalhos na igreja qnd me deparei com seu depoimento. Foi muito bom lê-lo e principalmente saber que existem pessoas que fazem seus trabalhos na igreja com tando amor!
    o seu depoimento se me permite, será utilizado como exemplo em uma reuniaõ de servas Luteranas.
    Parabéns pelo depoimento e principalmente pelo trabalho que faz em sua igreja, que Deus continue te abençoando sempre!

    att,

    Edna Tetelof ( presidente do departamento de Servas da Igreja Luterana, serra-es\Brasil)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: