Publicado por: jerritomm | 5 agosto, 2010

EU E MINHA FAMÍLIA SERVIREMOS A DEUS

Josué 24.15b – “…eu e minha família serviremos a Deus, o SENHOR.”

Família – este termo tem sofrido grandes mudanças nos últimos tempos. Aquilo que era indissociável e que, por pior que estivesse a situação do relacionamento dos pais, não se desfazia… Porém modernidade chegou e hoje temos o conceito família totalmente aberto a novas configurações, famílias sem pai são bem comuns, casais com filhos que não são irmãos já não é uma impossibilidade lógica e famílias com dois pais ou duas mães é a nova configuração juridicamente possível atualmente. Mas não quero só falar dos malefícios dos tempos modernos, há também coisas boas, agora podemos casar com a pessoa que queremos e amamos, isso para mim é um progresso inquestionável. Mas o culto ao prazer (edonismo) parece ter mudado tudo de perspectiva.

Quando Deus criou a família tinha a intenção que estes se relacionassem, tivessem filhos e dominassem a terra. Não deu maiores explicações, já que tudo era bom. Mas aconteceu o pecado, vieram as mentiras (Adão e Eva), a violência (Caim e Abel) e tudo passou a ter necessariamente sofrimento. A maioria das famílias que são citadas na Bíblia tiveram grandes provações e grandes problemas também. Abraão teve filho com uma outra mulher, Isaque e Raquel tiveram dois filhos que se odiavam, Jacó teve duas mulheres, uma ele amava e a outra não, e seus filhos venderam um dos irmãos. Poderia aqui falar de Davi, Salomão e muitos outros, mas a lista seria grande demais para a ocasião. Mas o que importa é que com a exceção de quando o povo de Israel tinha muitas mulheres estrangeiras e idólatras em seu meio, nunca Ele pediu para que famílias fossem desfeitas, que casamentos fossem rompidos, mas sim, como dizem as palavras de Jesus – “que ninguém separe o que Deus uniu” (Mt. 19.6).

Mas voltando a modernidade, a família já não é uma instituição admirada e buscada. É lembrada pelo sacrifício e perda de liberdade que ela provoca. Nosso tempo prega que temos que aproveitar a vida, gozar dos prazeres disponíveis, ser jovem por todo tempo que puder, custe quantas plásticas custarem. Não abrir mão da individualidade é palavra de ordem, seja você mesmo, não importa as consequências. Mas, por causas dos resquícios de tradição, as pessoas se casam mais tarde, tem filhos mais tarde, e se tudo ficar difícil, os problemas se amontoarem, o divórcio resolve. Se não é mais prazeroso, é melhor que termine.

Não é minha intenção aqui proclamar o casamento indissolúvel ou analisar separações em particular, nossa natureza humana não nos permite perfeição. Só quero enfatizar o versículo acima: “Eu e minha família serviremos a Deus.” Não vou dizer que tudo se resolve com esse versículo, mas sinceramente acredito que se uma família começa com esse versículo ela terá menos probabilidade de terminar. Quando dois jovens ou não tão jovens resolvem construir uma família e sinceramente colocam diante de si Deus, são sinceros em suas orações e buscam fazer a vontade dEle, tudo tem mais chances de ser melhor e de dar certo.

O casamento realmente tira a liberdade, você não é mais só, existe alguém ao seu lado e esse alguém tem vontades, manias e defeitos e isso vai te limitar, e aprender a lidar com isso é um desafio para o qual não estamos preparados ou sendo preparados, mas diante disso, temos o nosso Deus e Ele sempre escuta e ajuda. Porém, o casamento também não é só limitação, é expansão. Ter alguém aos seu lado te possibilita ir além do que você consegue ir sozinho, alguém que te ouve na tristeza, alguém com quem você planeja seu futuro, que te incentiva, vai fazer você ser capaz de chegar onde sozinho não poderia. Con“tudo”, tudo o que você espera receber também deve oferecer, da maneira como a pessoa que está ao seu lado deseja e que seja o melhor para ela.

“Eu e minha família serviremos a Deus” não é uma receita, mas é o melhor conselho que pode-se dar. O gozo da juventude eterna não é vontade de Deus, foi por isso que Ele nos deu o desejo de nos unirmos a alguém, não só para desfrutar do prazer que isso proporciona, mas para construir pequenos universos de relações, com tudo de bom que pode acontecer, mas enfrentando todas as dificuldades que possam surgir. Sinto que muita gente tem medo do casamento, o mundo a nossa volta prega outra coisa do que nós cremos, mas é da vontade de Deus que formemos nossas famílias, que lutemos por elas com todas as nossas forças, mas sem esquecer que não vamos a lugar nenhum sem Deus e será ele que dará as forças para ir além quando tudo parecer não dar certo e quando você achar que não pode ir adiante.

Então JOVENS, tornem-se adultos, casem-se e formem suas famílias e quando isso acontecer digam: “Eu e minha família serviremos a Deus”. Que o SENHOR abençoe a sua família. Amém.


Responses

  1. Bem legal a iniciativa de escrever sobre este assunto, hoje em dia a família é algo dificil de se ver, talvez no meio cristão nem tanto, mas constituir uma família depende da doação do casal e mais da base sólida que é Cristo. A união do casal deve vir de Deus, com o mesmo propósito de servir e louvar. Que o motivo da alegria das famílias seja sempre o amor de Deus e que este não seja o motivo de intrígas e discussões. Vale aquela música: oração pela família do padre Zezinho.
    Que Deus abençoe as famílias!

  2. Gostei do seu post. É triste quando vemos que fomos educados dessa forma, mas as pessoas ao nosso redor não dão o menor valor para isso. Hoje mesmo, dentro da igreja é muito comum vermos mães solteiras, casais se divorciando… Acho que isso é algo que realmente deveria estar sendo mais discutido entre os jovens, para que entrassem mais “preparados” no casamento e tivessem mais responsabilidade e maturidade sobre suas atitudes e decisões.

  3. FAMILIA UNIDAS JAMAIS SERAO VECIDAS ASSINADO JUCY,ADRIANA,E MARYLEIDE

  4. DEUS ME PROTEJA!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: